Habemus Blog!

Já está e nem custou muito. É lindo – sai às mães - e pelas feições vai ser muito esperto. Mas o mais importante – sempre – é que veio com saúde.

 

Não vai ser isento, o pequenino, ou então não seria um blog, não seria sequer um jornal português. Vai ser isto mesmo: o lugar onde as meninas podem escrever o que pensam – e pensam tanto e tão bem. Mas as meninas podiam escrever o que pensam no papel de cozinha lá de casa; pois podiam, mas não querem. Querem um blog e dos bons.

 

Então e não se sabe o nome das meninas? Pois. Então queremos escrever textos inteligentes, densos e profundos e íamo-nos logo identificar. E tempo para ir ao Combate de Blogs e ao Política Mesmo (adoramos este nome!)? Pois, não temos e por isso não há cá identificação para ninguém.

 

Se calhar também não nos vai apetecer escrever sobre o verniz Andreia 702 – já há tanta gente a escrever sobre isso e a fazê-lo tão bem –, nem fazer a revisão crítica e literária das páginas de comentários do Público, nem ensinar a montar a estante Köphutk do IKEA. Ah, e textos a falar da última viagem cultural pela Europa… desculpem lá, mas não vai poder ser.

 

E se fosse surpresa aquilo sobre o qual vai versar este blog? Boa! Assim é tão mais interessante, e o que nós gostamos de coisas interessantes.

Nenhuma de nós é feia nem de direita, logo não há razão para correr mal.

 

Então pronto, ficamos assim por agora. Isto vai ser muito giro, vocês vão ver.

 

 

 

301

publicado por SR às 15:52 | link do post | comentar