blhec, que nojo!

... a rede pública, essa coisa reles e inferior.

Já se sabe que para os pais que têm filhos em escolas públicas a educação ainda nao se tornou "ainda mais prioritária"...

 

 

"No entanto, o responsável não acredita num movimento generalizado de mudança de alunos para a rede pública: "Em alturas de crise, para os pais, a educação dos filhos torna-se ainda mais prioritária, porque olham para a educação como o melhor contributo que podem dar para ajudar os filhos a construírem uma vida melhor"."

 

Público, 27.06.2011

publicado por SR às 16:05 | link do post | comentar